10.6.09

Petrobrás e a polêmica do blog


Nesta semana a Petrobrás recebeu uma enxurrada de criticas pela criação do Blog Petrobrás Fatos e Dados. A polêmica se deu pela publicação, pela assessoria de comunicação, das perguntas e respostas enviadas para os jornalistas antes da publicação da matéria nos veículos de comunicação.

A atitude não é ilegal. Todas as informações relacionadas à empresa são de interesse público. A Petrobrás se defendeu, no próprio blog, das acusações de censura dos jornalistas. “O blog foi lançado para divulgar informações da Petrobras, o posicionamento da empresa sobre as questões relativas à CPI e garante também total divulgação das respostas enviadas à imprensa. A intenção é, de forma transparente, levar ao conhecimento do público, e na íntegra, as informações que a Petrobras fornece aos jornalistas que a procuram.”

A confusão é pela atitude da Petrobrás de publicar as perguntas e respostas sem consultar os jornalistas e antes, mesmo, da publicação da matéria. Sou a favor da iniciativa de publicar as informações oferecidas aos jornalistas. Entretanto, somente se a Petrobrás publicar todas as perguntas e respostas na íntegra. E sou contra da publicação antes da matéria ser publicada.

Os donos dos jornais pensam que são imbatíveis. A maioria dos jornalistas entra em contatos com as fontes e não publicam as respostas e, sim, as informações que interessam, para sustentar a matéria. Acho injusto é o direito de resposta que se limita a uma carta enviada, na maioria dos jornais impresso, para o painel do Leitor. Convenhamos, poucas pessoas lêem.

Penso que a iniciativa da Petrobrás vai ser uma tendência, pelo menos nos órgãos públicos. O que deve ser feito é o melhor tratamento da informação e disponibilizar o conteúdo depois da matéria ser publicada nos veículos. Para ampliar a discussão leia este artigo Claudio Abramo, publicado no blog do Noblat.


Participe da discussão e comente aqui em baixo.

Nenhum comentário: