25.6.09

Passe livre é aprovado na Câmara Distrital

Até que fim a Câmara Distrital de Brasília aprovou algo útil. Por unanimidade, eles aprovaram na terça-feira o projeto Passe Livre, que garante transporte público gratuito aos estudantes de Brasília. O próximo passo, para o projeto entrar em vigor, é a assinatura do governador José Roberto Arruda.

Após a sanção do governador, o GDF, passará a arcar com o custo integral dos bilhetes. Atualmente, o estudante paga um terço do valor e o restante é subsidiado pelos empresários. Hoje, 1,3 milhão de estudantes utilizam o passe estudantil. O projeto deve custar cerca de R$ 3 milhões mensais para o governo. A medida fará com que as empresas de transporte economizem R$ 2 milhões por mês: valor hoje pago para completar o passe estudantil. Isso, segundo o governo, evitará aumentos na tarifa.

O benefício vale para alunos de escolas públicas e privadas de todos os níveis (educação básica, ensino fundamental e médio, além dos universitários). Os estudantes poderão se locomover durante o período letivo e nas linhas que fazem o trajeto da casa ou do trabalho do estudante até a escola. Emenda aprovada garante 16 passagens extras por mês para o aluno usar como quiser.


2 comentários:

Raquel Filippi disse...

Nossa, que maravilha isso...
Enfim uma coisa útil.

Breno Barros disse...

Concordo eu grau, número e gênero...