6.11.08

Se uns caminhos se fecham, há que buscar outros

“… se uns caminhos se fecham, há que buscar outros. E no caso de que não existam, há que abri-los. Se os censores fecham a imprensa independente, se os canais de comunicação são destruídos, se as vias de informação são tapadas, nada disso deve impedir, contudo, que a verdade assome sua indiscreta presença. Sempre haverá esquinas, muros, pátios, cartazes, plataformas, paróquias, sótãos, terraços, onde escrever o que for preciso. Depois de tudo, se chegamos a uma situação em que a verdade não pode ser difundida por meios mecânicos, sempre nos resta a atração ao sangue.”

Mário Benedetti (poeta uruguaio)

Esse texto é uma dica da minha amiga Lanier. Ela está no primeiro semestre de jornalismo e pelo visto parece pegou gosto pela coisa. Se você também tem alguma dica pode enviar por e-mail ou nos comentários.





2 comentários:

Lanier Rosa disse...

Pode apostar! Sempre haverá pátios e muros... Sempre haverá pessoas dispostas a preenchê-los.

Breno Barros disse...

E você também pode sugerir pautas e textos interessantes. Gracias...