24.7.08

Olimpíadas da net

A cobertura jornalística em Pequim será predominantemente da internet. Pois, a rede está mais madura do que em 2004, em Atenas. Outro ponto favorável a cobertura pela internet é o fuso horário, entre Brasil e China, 11h. É a primeira vez nas Olimpíadas que os veículos online irão devidamente credenciados aos Jogos. Neste ano, o Comitê Olímpico Brasileiro recebeu as credenciais para serem distribuídos para os veículos impressos e online. O Comitê Olímpico Internacional distribuiu os direitos de transmissões para as rádios e para as televisões.

Foram distribuídas 103 credenciais pelo COB, dos quais, 15 serão para a internet. Segundo o COB, as credenciais serão divididas pelos grandes portais: 4 iG, 5 UOL, 1 Clic RBS e Gazeta Esportiva, 4 Terra. Entretanto, este não será o número total de jornalistas que estarão na cobertura dos Jogos. Muitos jornalistas não credenciados irão fazer os bastidores.

Nas Olimpíadas anteriores, os jornalistas dos portais fizeram a cobertura sem credenciais, com muitos jornalistas daqui mesmo no Brasil e outros que buscavam informações com outros jornalistas das agências de notícias. Pelo menos em Pequim espero que seja o começo da valorização dos jornalistas que escrevem para sites.

Nenhum comentário: