30.7.08

Blogs na pauta do governo

Hoje no período da manhã participei do Fórum - As Pautas dos Blogs e a Comunicação Pública – realizado pela presidência da República, no auditório do Anexo I do Palácio do Planalto. Voltado para todos os assessores de Comunicação do governo federal, o evento era para começar as 9h15, mais para variar, começou atrasado.

Estava programado para o ministro da Comunicação Social da presidência de República, Franklin Martins abrir o Fórum. Entretanto, ele estava em reunião, e só apareceu logo depois do começo da palestra. Quem entrou em cena para fazer a abertura do Fórum foi o subsecretário-Executivo, Ottoni Fernandes, que fez uma explanação inicial sobre o assunto.

Segundo o subsecretário, atualmente a blogosfera tem o papel de influenciar a sociedade. Ottoni sugeriu aos assessores procurassem manter um diálogo com os blogueiros, para manter um contato direto na agenda dos órgãos.

Pelo que percebi, foram unânimes entre todos os participantes da mesa o reconhecimento da importância dos blogs, na elaboração de um plano de comunicação eficiente. Ele também citou a teoria da calda longa, em que ele cita que a blogosfera é um universo onde todos estão conectados entre si.

O blog é um multiplicador, onde existe uma democratização de opiniões. As principais assessorias de comunicações já possuem um plano de comunicação para conseguir adentrar o universo dos blogs, assim a fronteira entre o público e o privado termina.

A jornalista Carina Almeida, sócia-diretora da Textual, apresentou uma pesquisa feita com 100 jornalistas no mês de maio deste, que mostra que maioria dos jornalistas visita os blogs como fonte de informação. Dos quais 33% acessam os blogs para buscar informações que ainda não foram vinculadas nos meios tradicionais.

Atualmente o mundo tem mais de 100 milhões de blogs. O brasileiro passa em média 22h30 semanais em frente do computador, dos quais 13% deles já criaram ou matem um blog. Outra pesquisa mostrou que 33 % dos jornalistas brasileiros possuem blogs e, em contrapartida, nos EUA são somente 28%.

Participaram do painel e do debate os jornalistas/blogueiros: Josias de Souza (Folha Online), Mario Marona (blogueiro independente do blog do Marona), e Carlos Castilho (Observatório da Imprensa).

Na minha visão, o encontro foi muito proveitoso. Pois, deu para perceber que os jornalistas dos órgãos governamentais estão preocupados em tentar entender os novos meios de comunicações e, para aqueles que não gostam ou não querem dar o braço a torcer, reconheceram a relevância dos blogs.

Nenhum comentário: